Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Receitas da Gi

Receitas da Gi

Nutella fit

Como assim Nutella fit? Como assim posso comer sem culpa?* Vamos então recriar o tão famoso creme de avelãs e cacau.

 

*mas com peso e medida, que a moderação é a melhor amiga da alimentação equilibrada!

 

IMG_2088.JPG

 

 

Ingredientes:

  • 150gr avelãs torradas e sem pele;
  • 1 c.sopa de cacau puro em pó - cerca de 8gr (podem usar cacau magro em pó OU chocolate em pó);
  • 1 c.sopa de adoçante em pó ou líquido (usei líquido);
  • 1 c.sopa cheia óleo de côco (derretido);
  • 1 c.sobremesa de aroma de baunilha.

 

IMG_2081.JPG

 

Passo 1

Torrar as avelãs no forno a 180º por 10 minutos, mexer e deixar por mais 2. Quando sairem do forno, tirar a pele/casca da avelã com a ajuda de um pano, friccionando umas contra as outras - assim a pele sai quase toda.

 

IMG_2082.JPG

 

Passo 2

Triturar as avelãs no liquidificador (ou processador de alimentos) até virar uma farinha. Quando chegar a esse ponto, juntar o cacau puro em pó

 

IMG_2083.JPG

IMG_2084.JPG

 

Passo 3

Juntar o adoçante e o aroma de baunilha e o óleo de côco previamente derretido. Se quiserem, podem juntar uma colher de sopa de água, caso queiram a vossa nutella mais líquida. Depois é só triturar por mais 5 a 10 minutos, até chegar ao ponto desejado. Eu não triturei tudo pois gosto dela com mais textura.

 

 

IMG_2085.JPG

IMG_2086.JPG

 

Depois é só guardar num frasquinho giro, e é uma óptima ideia para um presentinho para quem adore nutella mas que tenha um estilo alimentar mais equilibrado!

 

IMG_2087.JPG

 

Gostaram? Vão experimentar, não vão?

 

Informação nutricional por colher de sopa cheia (15gr)

Calorias: 105

Hidratos de carbono: 2gr

Proteína: 2,3g

Gordura: 10gr

 

Beijinhos grandes e amanhã volto com um post de continuação do #desafiodiasfit, sobre o cálculo do consumo calórico diário!

Assinatura Gi.png

#desafiodiasfit parte 1

Novidades no mês de Março

#desafiodiasfit parte 1: Introdução ao desafio 

 

 

Como andei a prometer aos que me seguem que ia fazer um desafio a começar no mês de Março (como tinha dito nos últimos posts, era um mês sem gordices, mas tive que mudar o nome já que houve alguém a copiar a ideia...), proponho-vos um desafio super giro: Desafio dias fit! Vou fazer inicialmente de 30 dias, com sugestões e ajudo no que puder qualquer pessoa que venha falar comigo*. Podiam ser 90 dias, até ao mês que começa o verão, mas fazem os que quiserem!

 

*Já repararam que o blog tem um e-mail e está lá em cima num ícone? Podem enviar para lá questões!

 

Ainda vamos a tempo de mudar o que não gostamos no nosso aspecto físico, e nada melhor do que fazê-lo enquanto ainda temos mais roupa a tapar as nossas inseguranças! Quem é que quer deixar a insegurança para trás e sentir-se à vontade de fato de banho? De calções? De saia? Sem medo de possíveis celulites traiçoeiras?

Captura de ecrã 2015-02-28, às 11.29.53.png

Vou deixar sugestões de alimentação e de escolhas de exercício físico (principalmente os que podem ser feitos em casa, para não termos desculpas), e mais um desafio de corrida a começar daqui a um mês, quando ganharem mais resistência nos músculos do core (para os que não a têm, claro), para irmos todas correr no verão, à beira-mar, nem que seja 4/5km! Falo por mim, que a minha resistência para o cardio é nula... Sou mais adepta de treinos de força, seja para emagrecimento, seja para engordar, mas adorava ser uma pessoa feliz a correr, tenho sempre tanta inveja dos que dizem que amam correr! 

 

O #desafiodiasfit vai funcionar essencialmente no instagram e no facebook do blog - mas também vou criar um grupo no Facebook. Como já disse anteriormente, muitos são os que seguem o meu instagram e o Facebook que já levam uma vida saudável, com alimentação equilibrada e exercício físico (somos como uma família, que já conhecemos hábitos e escolhas pessoais de todos, é lindo - parece que nos conhecemos desde sempre).

 

Mas, felizmente, há cada vez mais pessoas a recorrer ao meu instagram, blog e facebook do blog para questionar como devem começar a comer bem, como fazer isso de modo a que todos os da família adiram (principalmente os filhos pequenos), como resistir à tentação de desistir e voltar ao que era antes, com várias situações não só de descontrolo com a ingestão de alimentos, mas também complicações de saúde resultantes de más escolhas alimentares.

 

Vou dividir as publicações do desafio em quatro partes:

  • A primeira publicação, a de hoje (parte 1), com a introdução geral ao desafio, no que se baseia e o que devemos mudar;
  • A segunda publicação, espero que de amanhã, sobre como calcular as nossas metas calóricas diárias. Muitos deixam isto de parte, mas é indispensável ter conhecimento das calorias que necessitamos para perder, manter ou ganhar peso (os objectivos são sempre bastante distintos, embora a maior parte queira perder gordura).
  • A terceira publicação, com as escolhas alimentares que penso serem adequadas para a mudança de hábitos - deixo-vos exemplos de escolhas para certas refeições diárias e até certas trocas para refeições tipicamente portuguesas - o mais básico de todos é o belo galão com torradas ao pequeno-almoço (se come isto sempre ao pequeno-almoço e quer mudar os seus hábitos alimentares, alinhe no desafio!). É de realçar que isto não é um aconselhamento nem acompanhamento nutricional, já que as adaptações aos vossos objectivos são feitos por vocês, caso queiram aprender mais a lidar e conjugar macronutrientes.
  • A quarta publicação, com as escolhas de exercício físico, principalmente feitos com o peso corporal e sem necessidade de recorrer a pesos - e também, o desafio de corrida.

 

10438501_352077941654789_1080193931706629422_n.jpg

 

As principais mudanças que adorava ver em todos os que ainda não seguem um estilo de vida saudável e que ainda não sabem os benefícios do mesmo:

  • Aumento do consumo diário de água. A maioria das pessoas falha bastante neste aspecto. Vamos tentar controlar o consumo diário de água?
  • Não consumir refrigerantes, nem versão light/diet/zero. São carregados de açúcar e de adoçantes, edulcorantes e aromatizantes. Para não falar do dióxido de carbono presente que aumenta o volume do estomago e deixa-nos bastante desconfortáveis.
  • Reduzir o consumo de produtos industrializados. O corpo agradece e a carteira também!
  • Reduzir o consumo de sódio (sal!). Muitas vezes sentimo-nos inchados e a culpa pode ser do excessivo consumo de sódio!
  • Não saltar refeições, principalmente o pequeno-almoço. É essencial para controlar a fome psicológica ao longo do dia.
  • Tentar fazer exercício pelo menos 3 vezes por semana. Ao início, para quem não faz nem uma vez, custa! Mas ganham gosto com o tempo.

 

Parece-vos bem? Motivação não vai faltar, podem contar comigo para dar-vos a força que for precisa!

Quem alinha? Vamos todos ficar fit para o verão e para o ano todo?

 

Beijos enormes e espero ajudar quem quer realmente mudar e tem força de vontade para tal. Só depende de nós!

Assinatura Gi.png

Pastéis de bacalhau fit

Hoje a receita é super fácil e rápida de fazer, tendo em conta as unidades que rende. Pastéis de bacalhau, quem gosta? E quem gosta deles numa versão fit?

Eu adorei inventar esta receita, e um pastel pequeno tem menos de 20 calorias (mais concretamente - 17)! Claro que a dose não é só um pastel, mas depois comem os que quiserem conforme os vossos objectivos pessoais.

 

 

FullSizeRender-15.jpg

 

IMG_2007.JPG

 

Ingredientes:

  • 250g de grão-de-bico cozido (uma lata média);
  • 50g cebola;
  • 50g cenoura ralada;
  • 2 dentes de alho;
  • 15g farelo de aveia;
  • 1 ovo;
  • 2 c.sopa coentros picados;
  • 300g bacalhau desfiado;

 

Passo 1:

No liquidificador ou com a varinha, bater o grão, a cenoura, a cebola, o alho e o farelo de aveia até obter uma pasta.

 

IMG_1832.JPG

 

Passo 2:

Bater o bacalhau desfiado no liquidificador, no processador de alimentos ou com a varinha até desfazer totalmente o bacalhau.

 

IMG_2010.JPG

 

Passo 3:

Misturar as duas pastas - a do grão e a do bacalhau - com as mãos. Depois, juntar um ovo previamente batido e misturar bem; juntar os coentros picados no final.

 

IMG_2011.JPG

IMG_2012.JPG

IMG_2013.JPG

 

Passo 4:

Com a ajuda de duas colheres, formar os pastéis de bacalhau e levá-los ao congelador por 15min para firmar.

 

IMG_2014.JPG

IMG_2015.JPG

 

Passo 5:

Levar os pastéis ao forno pré-aquecido a 200 graus por 25 minutos, numa forma com papel vegetal e com um pouco de azeite para untar.

A receita rendeu 32 pastéis de tamanho pequeno-médio.

 

IMG_2016.JPG

IMG_2017.JPG

 

A receita toda tem 565 calorias, com 25gr de hidratos (39g de fibra), 84gr de proteína e 14gr de gordura.

Como renderam 32 pasteis, fiz apenas 10 e congelei os restantes para comer noutra altura.

 

 

Informação nutricional para um pastel de bacalhau (não são grandes):

Calorias: 16,8

Hidratos de carbono: 0,7g

dos quais fibras: 1,2g

Proteína: 2,6g

Gordura: 0,4g

 

Gostaram? Vão experimentar? Se sim, mostrem-me! Já sabem, no facebook ou no instagram encontram as minhas receitas no seguinte hashtag: #receitasdagi

 

 

Tenham um óptimo fim-de-semana, amanhã volto com mais uma receita e, como disse no post dos #deznacozinha, no domingo com um desafio para o mês de Março sem gordices, com muita comidinha boa e exercício!

 

Beijinhos e até à próxima,

Assinatura Gi.png

Quiche de salmão e queijo (sem massa)

Hoje partilho convosco o meu jantar - uma dose de quiche sem massa, de salmão e queijo! Uma delícia! 

 

IMG_1953.JPG

 

Ingredientes:

  • 1 ovo inteiro;
  • 100ml de claras (duas claras grandes);
  • 20gr farinha de milho (uma colher de sopa cheia);
  • 1 c.sopa cheia de queijo cottage (podem usar queijo fresco batido ou quark);
  • 1 queijo mini babybel light aos cubos (ou vaca que ri light ou outro);
  • 30g alho francês fatiado;
  • 50g cenoura ralada;
  • 50g salmão fumado;
  • Temperos a gosto: salsa, pimenta, noz moscada;
  • Opcional: espinafres; cogumelos; tomate cherry; atum; cebola.

 

IMG_1940.JPG

 

Bater todos os ingredientes com um fouet e levar ao forno por 20min a 190-200 graus, na prateleira do meio.

 

IMG_1941.JPG

IMG_1954.JPG

IMG_1952.JPG

 

Rápido e eficaz! Uma belo jantar preparado em poucos minutos, para fazerem mais doses basta multiplicar a receita. Se não sabem o que vão fazer para o jantar ainda vão a tempo... Espero que tenham gostado!

 

Beijinhos e até à próxima - que espero que seja amanha, com os pastéis de bacalhau fit!

 

Assinatura Gi.png 

Salgadinhos de batata doce e cottage

Alerta para receitinha deliciosa e rápida de fazer! E numa forma de silicone super gira em forma de flor. Até dá pena comer... Ou não, com menos de 100 calorias não tenho pena nenhuma! ❤

 

IMG_1811.JPG

 

 

Ingredientes:

  • 300gr batata doce pesada crua* e depois cozida;
  • 50gr queijo cottage (compro no Aldi);
  • 25gr farelo de aveia;
  • 25gr farelo de trigo;
  • 1 ovo;
  • Manjericão seco a gosto;
  • Pimenta preta a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Pitada de fermento.

 

*Possíveis substituições da batata doce para fazer uma versão com menos hidratos: abóbora; couve-flor; brócolos.

**Possíveis substituições do recheio de cottage: outro queijo (por exemplo mini babybel light ou vaca que ri light ou limiano light ou queijo quark); peito de frango/peru desfiado; atum; salmão fumado; pescada cozida e desfiada; tofu cremoso.

 

IMG_1771.JPGIMG_1792.JPGIMG_1793.JPG

 

 

Passo 1

Cozer a batata doce e, depois, esmagar até virar um puré.

 

IMG_1795.JPG

 

Passo 2:

Misturar os ingredientes secos: farelos e temperos. Depois, juntar a mistura seca à batata doce cozida e esmagada. Incorporar o ovo inteiro na mistura e envolver bem.

 

 

IMG_1794.JPGIMG_1833.JPGIMG_1834.JPG

 

Passo 3:

Com as mãos, formar bolinhas da mistura e fazer um buraco no meio e rechear com o cottage OU espalhar a mistura em formas de silicone, fazer uma pequena cova, depositar o cottage e voltar a cobrir com a mistura (foi assim que fiz).

Para a base de cada molde usei 2 colheres de sobremesa da mistura de batata e farelos e 1/2 colher de sobremesa de cottage (cerca de 7/8gr), e mais uma colher de sobremesa da mistura para cobrir.

 

Opcional: se fizer bolinhas, pode envolver com farelo de aveia para ficar crocante.

 

IMG_1801.JPG

 

Passo 4:

Levar ao forno pré-aquecido a 200 graus durante 25-30min. Se fizer bolinhas, disponha no papel vegetal untado com um pouco de óleo de côco ou outra gordura do seu agrado (por exemplo azeite extra virgem).

 

IMG_1812.JPGIMG_1806.JPG

FullSizeRender-13.jpg

 

 

 Informação nutricional por unidade (a receita rendeu seis salgadinhos)

Calorias: 96

Hidratos de carbono: 16,4gr

dos quais fibras: 4,8gr

Proteína: 4gr

Gordura: 1,3gr

 

Quem é que vai experimentar?

É muito muito bom e um óptimo lanche ou até acompanhamento para uma refeição principal. Dois salgadinhos destes são um óptimo pré-treino, na minha opinião. Se experimentarem e se publicarem uma fotografia no instagram já sabem, usem o hashtag #receitasdagi para poder ver!

 

E hoje já levei um salgadinho na marmita...

 

1902766_350766258452624_2392986121624056653_n.jpg

 

 

Beijinhos e até à próxima,

Assinatura Gi.png

Desafio #deznacozinha

Hoje proponho-vos um desafio que vai ajudar-me nas ideias de receitas para o blog! 💭

 

O desafio vai chamar-se #deznacozinha (o hashtag pode ser visto no facebook e no instagram) e consiste em enunciarmos 10 alimentos dos quais podíamos fazer a nossa alimentação toooodos os dias! Parece muito mas não é... Quem alinha? Vou identificar dez pessoas inicialmente e quem for desafiado responde e identifica mais dez (ou os que quiserem)!

 

👭👬👫

 

Além de darmos a conhecer os nossos alimentos de eleição, ajudam-me a ter mais ideias de receitas com os vossos (e nossos) ingredientes de eleição e ajudamos os que nos seguem a vê-los de outra forma. Vamos nessa? 

 

Os meus dez alimentos de eleição:

 

IMG_1744.JPG

 

🍚 Aveia. Não há muito a dizer - é a minha fonte de hidratos complexos preferida. Tanto dá para papas, como para panquecas, bolos... 
 
🍳 Ovos. Tanta coisa que dá para fazer com ovos... É muito amor! Principalmente por ovo acabadinho de cozer ou estrelar, e até umas frittatas.
 
🍲 Grão de bico. Mais uma fonte de hidratos e fibra de eleição. Quem me conhece sabe que sou #aloucadogrão e que já fiz mil coisas com ele 
 
🍠 Batata doce. Tão boa, principalmente assada e com o alimento número 10. E nos próximos dias vou fazer umas belas receitas (brownie e salgadinho Fit).
 
🐟 Atum. Fonte de proteína do melhor em termos de praticidade, cerca de 20gr de proteína por uma lata de atum conservado em água!  
 
🌱 Favas. A-m-o favas e é uma bela fonte de fibras! Cozidas com coentros... Delícia!
 
🍚 Polvilho doce. Se juntar ao ovo faz-se uma das melhores maravilhas do mundo: a crepioca. E se hidratar, a bela da tapioca.
 
🍓 Morangos. A minha fruta preferida desde sempre! Seja ao natural, batido com água e gelo ou com iogurte, no meio dos meus Marshmallow fit, é sempre perfeito.
 
🍌 Banana. A mega fruta que combina com tudo! Principalmente com o este último...
 
🍯 Manteiga de amendoim. Algo a dizer desta maravilha? A minha fonte de gorduras ao longo do dia é sem dúvida a manteiga de amendoim. Adoro misturar nas papas!! 
 
 
Para começar os #deznacozinha desafio todas as meninas lindas que me seguem tanto pelo blog, como pelo facebook, como pelo instagram (e meninos claro) e que estão por cá a fazer companhia, quero saber o vosso top10! 
 
 
Beijinhos grandes e espero que alinhem na brincadeira! Em Março temos um desafio criado para combater as gordices, incentivar alimentação saudável e o exercício físico, espero que adiram!
 

Assinatura Gi.png

 

Falafel com molho de hortelã e quark

Hoje a receita que vos trago é muito simples: falafel. Óptima para acompanhar com humus (querem receita?) ou com um molho de iogurte de hortela (faço com queijo quark 0% gordura, hortelã e alho picado, tudo no liquidificador).

 

Vai render bastante e vai servir também de massa para uma das próximas receitas (e provavelmente de muitas mais, já estou a pensar numa quiche), por isso, se fizerem, guardem um bocadinho no frigorífico - cerca de 1/3 da massa.

 

FullSizeRender-12.jpg

 

 

Ingredientes:

  • 500gr grão-de-bico cozido - usei uma lata grande de grão cozido para ser mais prático;
  • 150gr cebola picada (2 pequenas ou uma muito grande);
  • 3 dentes de alho esmagados;
  • 2 c.sopa de hortelã picada;
  • 2 c.sopa coentros picados (frescos);
  • 2 c.sopa rasas farinha integral OU farelo de aveia (20gr);
  • 1 c.sopa sementes de sésamo;
  • 1 c.chá cominhos;
  • Opcional: 1 ovo; cenoura ralada.

 

 Modo de preparação

Passo 1. Bater todos todos os ingredientes com a varinha ou no liquidificador até obter uma pasta.

Passo 2. Levar ao frigorífico durante cerca de meia hora até ganhar uma consistência mais firme. Depois, juntar uns pedaços de grão inteiro.

 

IMG_1737.JPG

 

Passo 3. Com a ajuda de uma colher de sopa, fazer bolinhas pequenas com a massa.

 

IMG_1738.JPG

 

Passo 4. Fritar na frigideira anti-aderente* bem quente com um fio de óleo de côco OU azeite até ficar bem dourado (o de côco deixa os falafel mais saborosos). Pode também usar mais gordura (cerca de 1/2 dedo de altura).

*achatei as bolinhas com a ajuda da parte de trás da colher, já que é mais fácil de fritar no fio de azeite.

 

IMG_1736.JPG 

FullSizeRender-11.jpg
IMG_1706.JPG

(As do lado esquerdo foram fritas em 1/2 dedo de gordura - as da direita apenas com um fio)

 

 

Para o molho de hortelã e quark:

  • 250gr queijo quark 0% m.g. OU iogurte grego ligeiro OU iogurte natural;
  • 2 c.sopa hortel;
  • 1 c.sopa tahine (basta bater as sementes de sésamo até criar uma pasta);
  • 1 dente de alho;
  • 1 c.sopa sumo de limão;
  • Sal, pimenta e noz moscada a gosto.

 

Bater tudo com a varinha.

 IMG_1739.JPG

IMG_1740.JPG

 

 

Sugestão de acompanhamento:

Salada de pepino, abacate, tomate cherry e rúcula.

Cortar o pepino e o abacate em cubos pequenos - reservar. Cortar o tomate cherry em metades e temperar com um fio de azeite e pimenta preta. Temperar com sal, sumo de limão e folhas de manjericão. Servir por cima de uma base de rúcula ou agrião baby.

 

A próxima receita vai levar um pouco desta massa, por isso reservem um bocadinho para ela, se quiserem poupar algum trabalho.

Podem também fazer num formato maior, e assim têm um hambúrguer delicioso. Já fiz várias vezes esta receita em versão hambúrguer, mas no forno (só que muitas vezes não usava as sementes de sésamo) e ficavam perfeitos - e parece-me que vou voltar a fazer para levar na marmita, super práticos! Sem desculpas para comer bem.

 

Espero que tenham gostado e experimentem! Muito rápido, fácil, delicioso e uma óptima opção de acompanhamento ou de entrada (para mim acho que vai servir para lanches).

 

Beijinhos grandes, tenham uma óptima semana!

 

Assinatura Gi.png

Frittata de salmão e legumes (low carb)

Querem mais uma receita básica para garantir almoços e jantares super low carb, que dão espaço para outras entradas, outros acompanhamentos, outros pratos principais e outras sobremesas? Se querem, é só verem esta, e claro experimentar...! Uma bela frittata de salmão e legumes - ou omelete de forno, mas frittata parece mais elaborado e fica sempre melhor! Ahah

 

IMG_1589.JPG

 


Vão precisar dos seguintes ingredientes:

  • 250ml claras;
  • 2 ovos inteiros;
  • 100g queijo quark 0% m.g. (compro no Lidl, marca Linessa) OU cottage;
  • 50g espinafres frescos (duas mãos cheias);
  • 100g alho francês;
  • 50g salmão fumado;
  • 1 queijo vaca que ri light;
  • Temperos a gosto: sal, pimenta, noz moscada, ervas de provence.

 

Bater as claras e ovos com a batedeira até ganharem volume - este passo não deve ser ignorado, senão a consistência não vai ser esponjosa. Juntar o queijo quark e bater novamente (vai perder volume, mas pouco). Juntar o alho francês cortado às rodelas e as folhas de espinafres frescos e misturar. Dispor a mistura numa forma para tarte - forrei com papel vegetal. Por cima, distribuir pedaços do salmão fumado* e cortar um queijo vaca que ri light em quadrados pequenos e espalhar pela mistura.

 

*Também podem usar atum, camarão, delícias do mar, frango desfiado.

 

 

IMG_1584.JPG

 

IMG_1585.JPG

 

IMG_1587.JPG

 

Levar ao forno pré-aquecido durante 25 minutos a 180-190 graus, na parte mais baixa.

 

IMG_1588.JPG

 

 

Informação nutricional para uma dose (dividi a frittata em quatro)

Calorias: 110

Hidratos de carbono: 3g

dos quais fibras: 1g

Proteína: 16g

Gordura: 4g

 

E agora podem dar asas à imaginação para o acompanhamento: tanto podem acompanhar com brócolos, como podem acompanhar com batata doce assada, quinoa, arroz... Ou simplesmente apostar nos hidratos na sobremesa, ao comer uma peça de fruta. Equilíbrio é isto, privações alimentares nunca são bem-vindas.

 

Podem também fazer uma base de quiche - eu tenho a "minha" base, feita com grão-de-bico e vou voltar a publicar como a podem fazer no fim-de-semana. Até lá, podem deixar sugestões para o recheio da quiche! 

 

Beijinhos e tenham um óptimo fim-de-semana,

Assinatura Gi.png

 

Aveia proteica no forno

Quem me segue pelo facebook do blog ou pelo instagram já sabe que a minha primeira refeição tem sido sempre papas de aveia. Quis inovar e usar os ingredientes que mais gosto e inventei totalmente esta mistura, e ficou muito boa. Primeiro que tudo, o sabor da proteína (whey) que usei ajudou bastante - sabe aos rolos de canela do Ikea, imaginem o quão bom fica...

 

E como usei banana esmagada na mistura (podem usar puré de maçã ou de pêra, fica igualmente bom), é uma boa opção de pós-treino, já que conjuga hidratos complexos e simples.

 

IMG_1558.JPG

 

Ingredientes

  • 200g aveia em flocos;
  • 50g whey (usei o sabor cinnamon danish)*;
  • 40g linhaça moída;
  • 150g banana (ou maçã/pêra);
  • 100g iogurte grego ligeiro/light (pode ser iogurte natural ou aroma)
  • 150ml claras - batidas em castelo;
  • Opcional: mirtilos desidratados, uva passa ou damascos secos - usei 50g de mirtilos;
  • Canela a gosto - usei 1 c.sopa.

 

*quem não usa whey pode substituir por mais aveia, mais linhaça moída, podem usar côco ralado ou não usar mais nada e colocar menos claras ou menos iogurte.

 

IMG_1542.JPGIMG_1543.JPGIMG_1544.JPGIMG_1546.JPG

 

Passo 1

Misturar os ingredientes secos - aveia, whey, linhaça e mirtilos desidratados (se usar) - e a banana (aquecida e depois esmagada).

 

IMG_1547.JPG

IMG_1548.JPG

 

Passo 2

Juntar o iogurte grego e envolver bem. Juntar metade das claras batidas em castelo, envolver bem e misturar o resto.

 

IMG_1549.JPG

IMG_1550.JPG

IMG_1551.JPG

 

Passo 3

Dispor a mistura numa forma rectangular. Levar ao forno pré-aquecido por 25min a 180 graus. Cortar nos tamanhos que quiser: eu dividi em oito.

IMG_1552.JPG

IMG_1553.JPG

FullSizeRender-10.jpg

 

Informação nutricional por dose (receita dividida em 8 quadrados grandes)

Calorias: 179

Hidratos de carbono: 21g

dos quais fibras: 4,8g

Proteína: 12,5g

Gordura: 4,3

 

IMG_1557.JPG

 

Gostaram desta adaptação às papas de aveia proteicas convencionais? Eu adorei o resultado e vou fazer mais vezes. Espero que experimentem e que gostem tanto como eu... E podem fazer num tabuleiro maior, numa versão de barras de proteina.

 

Quando o blog chegar aos 5.000 gostos tenho uma surpresa :)

E, como sempre, espero sugestões vossas!

 

Beijinhos e até à próxima,

 

Assinatura Gi.png 

Alho francês à brás com atum

Mais uma receitinha básica e low carb mesmo como queremos. Para garantir uma refeição rica em fibras e deliciosa, perfeita para quem gosta de fazer em grandes quantidades para a preparação semanal de marmitas já que é extremamente fácil e rápido. Podem existir outras adaptações mas costumo fazer sempre assim e fica uma delícia.

 

 

IMG_1428.JPG

  

 

Ingredientes:

  • 200g alho francês;
  • 50g cebola;
  • 1 dente de alho;
  • 50g rebentos de feijão mungo (ou rebentos de soja);
  • 85g atum natural (uma lata)*;
  • 1 ovo;
  • 100ml claras;
  • Cenoura q.b.;
  • Azeite q.b. (usei 2gr) - ou outra gordura para refogar;
  • Opcional: cogumelos e azeitonas.

 

*Podem usar outra proteína, como salmão, pescada ou bacalhau desfiado, ou até delícias do mar. Faço com atum por ser mais prático. 

 

Passo 1

Refogar a cebola no azeite, juntamente com o alho esmagado ou picado. Assim que estiver mais transparente, juntar o alho francês previamente cortado em fatias finas. Refogar novamente até o alho francês cozinhar (cerca de 5min a temperatura média-baixa).

 

FullSizeRender-2.jpg

 

Passo 2

Assim que estiver tudo refogado, juntar o feijão mungo (ou rebentos de soja) e o atum logo de seguida. Deixar cozinhar por mais uns minutos para perder humidade.

Se quiser juntar cogumelos, deve fazê-lo agora para não cozinharem demasiado.

 

FullSizeRender-3.jpg

FullSizeRender-4.jpg

 

Passo 3

Juntar o ovo e as claras e mexer bem (agora podem aumentar a temperatura da placa/fogão). No final, juntar a cenoura e mexer novamente - usei pouquinho, só para dar alguma cor. Podem juntar queijo no final, fica maravilhoso.

 

FullSizeRender-5.jpg

FullSizeRender-6.jpg

FullSizeRender-7.jpg

 

As quantidades acima descritas equivalem a duas doses médias ou uma dose grande.

 

Informação nutricional para a receita toda

Calorias: 281

Hidratos de carbono: 10g

dos quais fibras: 8g

Proteína: 43g

Gordura: 8g

 

Dividi por duas refeições e não podia ser melhor. 140 calorias e apenas 2gr de net carbs dá muito espaço para a sobremesa! Eheh. Espero que tenham gostado!

Beijinhos e tenham uma boa semana,

 

Assinatura Gi.png 

Especial São Valentim #2: Red Velvet fit

Novamente, mais uma receita direccionada para o clima de preparação para o Dia dos Namorados. Podem fazer este bolinho para a vossa cara metade ou até só para vocês ou para a família e amigos, é uma versão bem menos açucarada - mas como sempre digo, não precisamos de açúcar, já somos doces o suficiente!...

 

Tenho a dizer que estou extremamente contente com a consistência do bolo e tudo correu como eu queria que corresse. A massa ficou super macia, a cobertura de queijo nem se fala (tão mas tão boa!!).

 

IMG_1226.JPG

 

 

Ingredientes (para a massa)

  • 2 chávenas de farinha integral (~150gr);
  • 1/2 chávena de farinha de côco ou côco ralado e triturado no liquidificador (~40gr);
  • 1/2 chávena de açúcar mascavado - ou o mesmo em adoçante em pó (~60/70g);
  • 1c.sopa de cacau em pó - uso o puro da marca Valor (~15g);
  • 1 c.sobremesa de fermento em pó;
  • 1 c.sobremesa de bicarbonato de sódio (não usei, não tinha);
  • 2 ovos;
  • 3 c.sobremesa cheias de margarina vegetal light - uso Alpro (~60gr);
  • Buttermilk: 200ml de leite magro + 1 c.sopa limão ou 1 c.sopa vinagre branco (mistura tudo e descansa por 10min);
  • 1 c.sopa cheia de corante alimentar vermelho

 

Ingredientes (para a cobertura de creme de queijo)

  • 1 embalagem queijo fresco de barrar magro (uso Philadelphia light);
  • 50g iogurte natural magro ou grego ligeiro (usei grego ligeiro);
  • 1 c.sopa açúcar mascavado (para criar textura - podem usar adoçante em pó);
  • 10 gotas adoçante líquido
  • 1 c.chá aroma baunilha

 

Passo 1:

Misturar os ingredientes secos (farinhas, cacau, fermento, metade do açúcar) - a outra metade do açúcar fica para misturar depois com a margarina.

 

IMG_1193.JPG

 

Passo 2:

Noutro recipiente, bater a margarina com o resto do açúcar até ficar cremoso. (A margarina deve estar ligeiramente derretida ou podem derreter depois - como eu fiz -, já misturada com o açúcar, no microondas) 

 

IMG_1194.JPG

IMG_1195.JPG

 

Passo 3:

Bater os ovos com o aroma de baunilha e, depois, juntar à margarina e açúcar.

 

IMG_1196.JPG

IMG_1198.JPG

  

Passo 5:

Juntar metade da mistura de ingredientes secos e bater bem com a batedeira.

 

IMG_1199.JPG

 

 

Passo 6:

Juntar o buttermilk (mistura do leite + limão que descansou pelo menos 10 minutos), o corante alimentar vermelho, e o resto da mistura de ingredientes secos - bater bem com a batedeira por pelo menos 3 minutos.

 

IMG_1200.JPG

IMG_1201.JPG

IMG_1202.JPG

 

 

Passo 7:

Levar ao forno numa forma de 20 a 25cm* de diâmetro por pelo menos 25/30min a 180 graus, ou até fazerem o teste do palito e sair seco. (Usei uma forma de silicone, com um efeito giro que faz uma "cova" para rechear o bolo - supostamente é forma para tarte)

 

*Podem dividir também em duas formas mais pequenas (por exemplo, de 15cm) para criar duas camadas

 

IMG_1189.JPG

 

Quando sair do forno, vai estar assim...

 

IMG_1207.JPG

 

IMG_1229.JPG

 

 

Como fazer a cobertura de creme de queijo:

Bater todos os ingredientes na batedeira até ficar cremoso:

 

IMG_1203.JPG

IMG_1204.JPG

 

Depois é só cobrir o bolo com o creme de queijo:

 

IMG_1228.JPG

 

 

E decorar como quiserem - usei mirtilos para formar um coração e metades de morangos fatiados à volta. Podem usar outras frutas, os corações pequeninos de açúcar (que utilizei nos petit gateau) ou não usar nada.

 

 

IMG_1227.JPG

 

IMG_1225.JPG

 

E então, o que vos parece? Pode até parecer complicado e demorado de fazer, mas prometo que não é! Basta terem os ingredientes e fazem num instante.

Espero que tenham gostado muito desta receita, eu adorei (e espero que o meu namorado também)!

 

P.s.: Desta vez não calculei a informação nutricional, mas caso queiram muito calculo depois e edito a publicação - ia demorar mais tempo se o fizesse já e ia acabar por publicar a receita mais tarde.

 

Beijinhos e até à próxima receita,

Assinatura Gi.png

Especial São Valentim #1: Petit gateau fit

E como estamos em véspera do dia de São Valentim, trago-vos duas receitas. Esta receita é a primeira e é super rápida de fazer, só precisam de quatro ingredientes (que não podem ser subtituídos para terem uma boa consistência).

 

IMG_1167.JPG

 

Ingredientes:

  • 25gr leite em pó magro (uso o Molico, compro no Continente);
  • 25g cacau puro em pó (marca Valor - podem usar uma parte ou o total em whey);
  • 15 a 20g açúcar mascavado - 2 c.sobremesa (ou o equivalente em adoçante em pó);
  • 2 ovos e 1 clara.

 

Passo 1:

Misturar os ingredientes secos com um foeut.

 

IMG_1168.JPG

IMG_1169.JPG

 

Passo 2:

Incorporar os ovos e misturar bem.

 

 

IMG_1170.JPG

IMG_1171.JPG

 

 

Passo 3:

Dispor a mistura em duas formas de cerâmica (ou três de silicone) e levar ao forno pré-aquecido durante 9-10min a 180 graus.

 

IMG_1148.JPG

 

E... 10 minutos depois, este é o resultado:

IMG_1166.JPGIMG_1165.JPG

 

 

Informação nutricional para os dois petit gateau (com açúcar mascavado, se fizerem com adoçante fica muito menos)

Calorias: 241

Hidratos de carbono: 17g

Proteína: 14g

Gordura: 13g

 

Vão experimentar, não vão? Mesmo que não tenham já os ingredientes em casa, num instante arranjam o leite em pó (nem que vão pedir à vizinha que tenha um bebé! Ahah) e em pouco mais de 15min está pronto. Podem acompanhar com um dos gelados fit que publiquei anteriormente, amanhã vou acompanhar com o de noz!

 

Se quiserem fazer a versão mousse, basta baterem as claras em castelo e os restantes ingredientes à parte, incorporar tudo e levar ao frio. Faço sempre assim e fica óptimo! 

 

Beijinhos e ate já! 

 

Assinatura Gi.png

Gelados fit

O gelado que partilho hoje convosco é super rápido de fazer e, claro, sem açúcares adicionados e com um sabor fantástico. Óptimo para quem gosta de comer gelados no inverno, como eu! No final deixo também mais sugestões de combinações para gelados que, ao longo do tempo, irei publicar no blog - já fiz vários.

 

IMG_0963.JPG

 

Ingredientes:

  • 100ml bebida de soja light (ou leite magro/sem lactose, à vossa escolha);
  • 100gr iogurte natural de soja (ou outro à escolha, pode ser iogurte grego ou queijo quark);
  • 75gr banana congelada (uma banana média);
  • 100gr framboesas congeladas;
  • 1c.café goma guar (ou xantana);
  • Opcional: adoçante em pó ou líquido a gosto.

 

Na batedeira, bater a bebida de soja com o iogurte ou quark e a goma guar (e, caso queira, com o adoçante). Juntar as framboesas congeladas picadas e a banana congelada às rodelas. Bater em velocidade durante, pelo menos, 5 minutos (o ideal é ser durante 8 a 10 minutos). O volume vai aumentar devido à presença da goma guar, que é um espessante, emulsionante e estabilizante alimentar próprio para sobremesas frias.

 

Depois de pronto, caso gostem do gelado mais cremoso, podem servir de imediato - ou podem levar ao congelador por cerca de uma hora.

 

FullSizeRender-5.jpg

IMG_0962.JPG

 

 

Informação nutricional para o gelado todo:

Calorias: 180

Hidratos de carbono: 25g

dos quais fibras: 12g

Proteína: 8g

Gordura: 2g

 

Sugestões da Gi para combinações de sabores de gelados (com quantidades iguais de bebida de soja e iogurte):

  • Gelado de noz: bebida de soja + iogurte natural ou grego + 50g nozes picadas + 1c.sopa mel + canela + goma guar (ou xantana);
  • Gelado de banana e manteiga de amendoim: bebida de soja + iogurte natural ou grego + 100g banana congelada + 20g manteiga de amendoim + canela + goma guar;
  • Gelado de morango: bebida de soja + iogurte natural ou grego + 200g morangos congelados + goma guar;
  • Gelado de papaia: bebida de soja + iogurte natural ou grego + 200g papaia inteira + goma guar.
  • Gelado de pêra rocha e manteiga de amendoim (este recomendo muuuito, podem fazer também com maçã): bebida de soja + iogurte natural ou grego + 200g pêra rocha congelada + 20g manteiga de amendoim + canela + goma guar.
  • Gelado de kiwi e banana (maravilhoso!!): faço apenas com 200ml de bebida de soja light + 100g kiwi congelado + 50g banana congelada + 2g goma xantana (e uso 20g de whey de baunilha.

 

Podem fazer também de kiwi, de dióspiro, de citrinos, podem fazer uma versão com mais proteína a juntar um sabor de whey ao vosso gosto... E a goma guar encontram à venda em lojas para produtos de bolos - a goma xantana, mais indicada para produtos quentes como bolos e pães mas que ainda assim serve para os gelados, encontra-se à venda no Celeiro.

 

Beijinhos, tenham uma boa semana!

Assinatura Gi.png 

Soufflé de atum

Hoje a receita é mais uma super rápida, rica em proteína e low carb. Óptima para o jantar por ser mais levezinha mas ainda assim deixa-nos muito satisfeitos devido ao volume das claras.

 

FullSizeRender-2.jpg

 

Ingredientes:

  • 150ml claras (uso as de pacote - compram-se no Celeiro, Makro, Jumbo);
  • 1 lata de atum em água;
  • 100gr cebola picada (uma cebola média);
  • 15gr linhaça moída;
  • 75ml bebida de soja light;
  • 1 queijinho vaca que ri light;
  • Temperos a gosto: usei só orégãos frescos;
  • Opcional: 1/2 c.café goma xantana

 

 

Passo 1

Em temperatura média, refogar a cebola num fio de azeite (cerca de 2gr), juntamente com os orégãos. Juntar o atum escorrido.

 

IMG_0864.JPG

IMG_0865.JPG

 

Passo 2

Juntar a linhaça moída e a bebida de soja light e misturar bem. Juntar o triângulo vaca que ri light e voltar a incorporar tudo, ainda com a temperatura média. A consistência é de um paté*.

 

*à conta disto acabou de ser inventada uma nova receita de paté de atum ou até de recheio de algum salgadinho - depois volto a fazer um salgadinho fit com mais calma.

 

IMG_0868.JPG

 

Passo 3

Bater as claras em neve juntamente com a goma xantana (podem não usar). 

 

IMG_0869.JPG

IMG_0870.JPG

 

Passo 4

Incorporar delicadamente a mistura do atum com as claras até obter uma mistura homogénea.

 

IMG_0871.JPG

IMG_0872.JPG

 

Passo 5

Pré-aquecer o forno a 150 graus. Levar a mistura numa travessa própria para forno durante 30 a 35 minutos a 150 graus. Servir assim que sair do forno já que depois as claras começam a baixar.

 

FullSizeRender-3.jpg

 

E agora vamos à parte final que é a mais interessante para quem se interessa por isto como eu...

 

Informação nutricional para a receita toda (rende duas doses generosas)

Calorias: 284

Hidratos de carbono totais: 13g

dos quais fibras: 7g

Proteína: 40g

Gordura: 8g

 

Como assim uma receita inteira apenas com 6gr de net carbs? Espero que usem a mesma a vosso favor quando querem compensar na sobremesa! Ahah

 

Espero que tenham gostado e experimentem, é super rápido de preparar!

 

Beijinhos e tenham uma boa semana,

 

Assinatura Gi.png

Bolo de caneca de côco e whey + 4000 no Facebook do blog num mês

Em modo de comemoração de um mês do facebook do blog com mais de 4000 gostos (Receitas da Gi) - onde acabo por interagir mais - e de mais de 5300 seguidores no meu instagram, trago-vos um bolinho de caneca muito rápido e lowcarb.

 

Antes de mais, agradeço todo o apoio e carinho de todas as meninas e meninos que me seguem não só pelo blog mas também no Facebook, com tantas mensagens carinhosas todos os dias (às dezenas de meninas que já falaram comigo sabem o quão feliz fico por poder ajudar).

 

Ter mais de 4000 seguidores no espaço de um mês é sinal de que afinal as minhas receitas não são assim tão más e que posso e devo continuar com as invenções! :) mesmo com pouca interacção e divulgação do blog consegui chegar a pessoas que nunca tinham pensado em mudar o estilo de alimentação - deixo-vos o exemplo de uma fiel seguidora que me envia mensagens todos os dias sobre os progressos dela desde que criei o blog e também do filho com 8 anos, já que odeia vegetais e coisas pouco doces e agora não quer outra coisa sem ser a minha receita empadão de atum com brócolos e couve-flor e o bolo de banana para levar para os lanches na escola!

 

Pequenas mudanças são as necessárias para ganhar gosto por mudar, tanto a nível físico como a nível de saúde, com tantas melhorias associadas a uma alimentação equilibrada. E é isso que realmente importa.

 

Sem mais demoras, aqui fica a receitinha de bolo de caneca de côco e whey (podem não usar a proteína e usar, por exemplo, farinha de aveia em substituição).

 

FullSizeRender-4.jpg

 

 

Ingredientes:

  • 15gr farinha de côco ou côco ralado sem adição de açúcar;
  • 10gr whey de baunilha;
  • 5gr linhaça moída;
  • 1/2c.café rasa de fermento em pó;
  • 50ml claras (cerca de uma clara);
  • 25ml bebida de soja light;
  • 2c.sopa água;
  • Adoçante a gosto.

 

Modo de preparação:

No liquidificador, bater todos os ingredientes secos e depois juntar as claras e a bebida de soja.

Levar a mistura ao microondas, dentro de uma tigela pequena, por cerca de 2 minutos em potência média (600W).

Depois é só tirarem da tigela (ou não) e utilizarem toppings a gosto: seja os syrups sem calorias da Walden Farms, seja até uma cobertura de beijinho light - é só misturarem 1 c.sopa de côco ralado com bebida vegetal e aquecer no microondas.

 

Informação nutricional

Calorias: 176

Hidratos de carbono totais: 2gr

dos quais fibras: 2gr

Proteína: 14gr

Gordura: 10gr

 

 

Beijinhos e daqui a pouco temos uma nova publicação!

 

Assinatura Gi.png

Como fazer tapioca

Hoje partilho convosco um post sobre como fazer tapioca e como fazer a hidratação do polvilho doce.

 

IMG_0646.JPG

Tapioca recheada com queijo -50% gordura

 

O polvilho doce é um derivado da mandioca - não contém glúten, nem gordura.

É preciso esclarecer aqui uma dúvida: o polvilho doce é o puro amido da mandioca, e só é chamado de doce para ser diferenciado do polvilho azedo - o azedo é o polvilho fermentado (o doce é o puro). Em Portugal é muito difícil encontrar a goma já pronta, por isso ensino-vos a preparar a mesma já que o polvilho não é nada mais que a goma desidratada.

 

Como fazer a goma para tapioca?

 

Para termos a goma de tapioca, primeiro que tudo o polvilho doce deve ser hidratado.

 

Vamos precisar de 500gr de polvilho doce e 300ml de água - esta é a medida padrão para hidratar o polvilho mas pode ser preciso mais ou menos água, ou até mais polvilho para chegar ao ponto ideal, como irão ver nas fotografias abaixo (usei menos de 300ml). Mas podem também dividir a "receita" pelas quantidades que quiserem, seja a metade com 250gr de polvilho + 150ml de água, seja outra quantidade.

 

IMG_0608.JPG

IMG_0609.JPG

 

 

Numa tigela, misturar a água aos poucos (se misturarem tudo de uma vez vão ter uma pasta muito engraçada e maleável mas o melhor, para quem nunca hidratou o polvilho, é juntar aos poucos), com as mãos ou com uma colher.

 

Quando estiver a misturar a água, o normal é criar certas "bolinhas" de polvilho relativamente resistentes (ou seja, ficam consistentes mas basta apertar que elas desfazem-se).

 

Se a mistura ficar muito gomenta é porque precisa de juntar mais polvilho. Se ficar muito seco, é porque é necessário um pouco de água para chegar a um ponto certo (o tal de ser relativamente resistente mas que de desfaz facilmente).

 

Assim que misturarem bem, o resultado vai ser... a goma! Ou seja, o polvilho hidratado, ou re-hidratado, já que é sempre a goma de mandioca que vai dar origem ao polvilho quando esta é desidratada - espero não estar a explicar de forma confusa!

 

 

IMG_0648.JPG

IMG_0649.JPG

 

 

E agora, com a goma já pronta... Como fazer a tapioca?

 

Bem, agora é fácil. Vou mostrar-vos com fazer a tapioca na frigideira: primeiro, separam a quantidade de tapioca consoante o que querem comer ou a quantidade que devem comer. Normalmente faço com 50g e fica sempre bom.

 

IMG_0653.JPG

50g equivalem a 4 colheres de sopa cheias

 

 

Passo 1: Aquecer a frigideira anti-aderente até ficar bem quente. Não é preciso untar com gordura.

 

Passo 2: Despejar toda a tapioca na frigideira e pressionar com a colher para ficar tudo uniforme e sem buracos (devemos ser rápidos a fazer isto já que a tapioca começa logo a ganhar consistência).

 

Passo 3: Deixar cozinhar um lado por 1 minuto e depois virar e deixar mais 1 minuto. No meu caso, pus uma fatia de queijo -50% gordura e depois fechei a tapioca.

 

IMG_0647.JPG

 

(Para verem como a tapioca fica, vão espreitar o vídeo que publiquei no facebook do blog! Lá em cima tem o ícone do facebook e é só clicar).

 

Sugestão: podem juntar à goma, ainda na frigideira, sementes de chia - assim, o índice glicémico da tapioca reduz um pouco.

 

Espero que tenham gostado!

 

Beijinhos e até à próxima,

 

Assinatura Gi.png

Aveia ao pequeno-almoço

Boa noite! Hoje trago-vos uma publicação muito rápida para ajudar nas dúvidas que me são postas pelas papas de aveia, já que tenho publicado quase todos os dias esta minha primeira refeição, e como devem fazê-las. Tenho quatro variações dentro desta "categoria":

 

  1. Papas de aveia tradicionais;
  2. Papas de aveia com claras;
  3. Aveia 'adormecida' (overnight oats);
  4. Papas de aveia com whey;

 

As papas de aveia, de forma tradicional, são feitas com o farelo ou com os flocos de aveia, finos ou grossos, cozidos em água, chá, leite ou bebida vegetal. Pessoalmente prefiro as minhas cozidas em água, já que depois acabo por adicionar quase sempre um pouco whey (proteína de soro de leite) com algum sabor que goste, para garantir a proteína nessa refeição (também podem optar pelas claras).

 

 

Sobre as papas de aveia tradicionais...

 

Passo 1:

Demolhar a aveia em água/bebida vegetal/leite durante a noite (para poder usar no dia seguinte). Caso faça as papas de manhã para comer ao pequeno-almoço torna-se muito mais fácil o processo de cozimento da mesma. Junto-lhe bastante canela em pó e mexo.

 

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.05.56.png

 

Passo 2:

De manhã (ou quando for comer), aquecer a aveia numa panela em temperatura média e mexer bem, juntando mais água (ou qualquer outra bebida) a gosto para criar umas papas bem cremosas. Quando faço as papas de aveia tradicionais gosto de, depois de ter a aveia demolhada em água, juntar bebida de soja light quando elas estão a cozer.

 

 

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.04.23.png

Papas de aveia feitas com flocos de aveia + bebida de soja light + canela

 

 

Sobre as papas de aveia com claras...

 

Para as papas de aveia com claras, o processo de cozimento da aveia (farelo ou flocos) é igual. Depois de prontas, e com a placa/fogão já desligada/o, juntam-se uma ou duas claras ligeiramente batidas às papas e mexe-se rapidamente para que as claras não cozinhem logo. Depois é só juntar mais algum sabor - aconselho mais canela e até casca de limão.

 

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.24.56.png

Papas de aveia com claras e canela

 

 

Sobre a aveia 'adormecida' (overnight oats)...

 

Esta é a mais simples de todas. Basta deixarem a aveia demolhada em bebida vegetal ou leite (podem juntar-lhe chia ou um pudim de chia à parte). De manhã, juntam-lhe os toppings que quiserem. As overnight oats são óptimas para a altura do verão já que saem fresquinhas do frigorífico e são sempre um óptimo pequeno-almoço, principalmente para quem pratica exercício no período da manhã.

 

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.02.56.png

Overnight oats com chia

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.03.31.png

Overnight oats com chia e bagas goji

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.04.10.png

Overnight oats com pudim de chia à parte

 

 

Sobre as papas de aveia com whey...

 

Estas são, sem dúvida, as minhas preferidas. Não só pela combinação de hidratos de carbono + proteína que preciso de manhã já que treino logo às 07h00 (podia usar claras mas dão mais trabalho a bater). Basta fazer as papas de aveia da forma tradicional e, no final, com a panela fora da placa/fogão, juntar a whey em quantidades referentes aos nossos objectivos individuais e mexer muito bem para não criar bolinhas (a whey cozinha rapidamente).

 

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.03.46.png

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.04.47.png

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.05.00.png

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.05.14.png

Captura de ecrã 2015-02-3, às 21.05.30.png

 

Sugestões de ingredientes para juntar às papas de aveia

  • Puré de maçã  e/ou pêra (cozer a maçã ou pêra ou ambas e triturar com a varinha);
  • Puré de abóbora;
  • Banana esmagada;
  • Iogurte com aroma ou com pedaços;
  • Iogurte grego natural.

 

Sugestões de toppings para as papas de aveia

  • Fruta: framboesas, mirtilos, rodelas de banana, ananás, kiwi, dióspiro, etc.;
  • Chocolate negro: principalmente quando as papas são quentes já que o chocolate derrete e as papas ficam deliciosas (parecem até uma mega gordice);
  • Toppings sem calorias (por exemplo, os da Walden Farms);
  • Côco ralado;
  • Frutos secos;
  • Manteiga de frutos secos.

 

A título pessoal (adaptado aos meus objectivos)

As quantidades que uso para as papas de aveia tradicionais são: 50gr de flocos/farelo de aveia + 200ml de água para demolhar + 100 a 150ml de água/bebida de soja light enquanto está a cozer + 15 a 20gr de whey ou 100ml de claras. 

 

Beijinhos e até à próxima!

 

Assinatura Gi.png

Empadão de atum com puré de brócolos e couve-flor

Mais uma receitinha da Gi para fazer justiça ao nome do blog! 

 

Desta vez de um empadão low carb (os hidratos presentes nos brócolos e na couve-flor são maioritariamente fibras, o que faz com o que os net carbs sejam relativamente insignificantes), que podem também fazer com batata doce - fica uma delícia se fizerem batata doce + brócolos, como a combinação dos gnocchi que também partilhei aqui convosco. 

 

 

Empadão de atum com puré de brócolos e couve-flor

 

FullSizeRender.jpg

 

Ingredientes

  • Brócolos (equivalente a 400gr depois de cozido);
  • Couve-flor (equivalente a 300gr depois de cozida);
  • Cebola média (equivalente a 100gr);
  • 3 latas de atum em água;
  • 3 ovos;
  • 2 fatias e 1/2 de queijo -50% gordura
  • Temperos a gosto - usei noz moscada, pimenta e orégãos.

 

IMG_0525.JPG

IMG_0526.JPG

IMG_0527.JPG

IMG_0529.JPG

 

Passo 1:

Cozer os brócolos juntamente com a couve-flor. Escorrer toda a água e reduzir tudo a puré com a varinha mágica. Depois, juntar os temperos a gosto - usei muita noz moscada e mistura de pimentas, e ainda juntei um pouco de cebola picada. Podem usar sal e até acrescentar leite, margarina e maizena para criar um verdadeiro puré.

 

IMG_0530.JPG

IMG_0531.JPG

 

Passo 2:

Numa panela/frigideira anti-aderente, refogar a cebola no vapor de água (para isto, basta ter a panela bem quente e dispor a cebola e depois 3 colheres de sopa de água. Assim que criar vapor, tapam a panela).

Depois, juntar o atum previamente escorrido e passado por água e o tempero - novamente, usei noz moscada, pimenta e juntei orégãos. Juntar os três ovos e mexer bem até a mistura ficar bem cozinhada.

 

IMG_0528.JPG

 

Passo 4:

Dispor a mistura do atum + ovo + cebola numa travessa que possa ir ao forno.

Cobrir o atum com o puré de brócolos e couve-flor e, por cima do puré, dispor duas fatias de queijo -50% gordura (e mais um pouquinho para cobrir eventuais espaços vazios).

 

IMG_0532.JPG

IMG_0533.JPG

IMG_0534.JPG

 

Passo 6:

Levar ao forno pré-aquecido a 180 graus por 20 minutos. Servir de imediato (para aproveitar que o queijo ainda está quentinho).

 

IMG_0535.JPG

IMG_0536.JPG

 

Informação nutricional por uma dose (dividi a receita por quatro):

Calorias: 172

Hidratos de carbono: 12gr

Dos quais fibras: 6gr

Proteína: 26gr

Gordura: 5gr

 

Super low carb já que os net carbs são apenas 6gr (12gr dos hc - 6gr da fibra = 6gr), óptimo para quem começa agora uma fase de cutting na dieta.

Possíveis trocas para a fonte de proteína: frango desfiado; soja granulada; salmão desfiado; pescada. 

 

Espero que tenham gostado e experimentem! Vão ver que é muito bom.

Beijinhos e até à próxima,

 

Assinatura Gi.png