Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Receitas da Gi

19
Ago15

Creme de pasteleiro/Pudim de leite (sem açúcar, lactose, e glúten)

IMG_2208.JPG

IMG_2158.JPG

 

Como podem ver pelas fotografias, este creme tanto serve para rechear, como serve para a vossa sobremesa. Um pudim de leite fantástico e que não precisa de gelatina para solidificar. 

 

...

 

Ingredientes

  • 2 gemas
  • 300ml bebida de amêndoa (ou leite ou outra bebida vegetal)
  • 20gr amido de milho (Maizena)
  • Adoçante a gosto (dos sem calorias)
  • 1 c.café essência de baunilha
  • 1 c.café goma xantana

 

Preparação

| Misturar o amido de milho (20gr = cerca de uma colher de sopa bem cheia) com um pouco da bebida de amêndoa fria (cerca de 50ml) até desfazer o amido. 

 

IMG_2149.JPGIMG_2150.JPG

 

| Bater as duas gemas e juntar à mistura anterior. Juntar também a goma xantana e a essência de baunilha e misturar bem.

 

IMG_2151.JPGIMG_2152.JPG

 

| Juntar o resto da bebida de amêndoa e transferir para uma panela. Deixar cozinhar em temperatura baixa (de 0 a 10, deixei na temperatura 3 e depois aumentei para a 4). Mexer sempre com a ajuda de uma espátula de silicone, durante pelo menos 10 minutos.

| Juntar o adoçante já na panela (usei os de comprimidos da marca Canderel).

| No final, para adoçar mais um pouco, juntei duas colheres de sopa de Xarope sem calorias (usei o Xarope de Ouro, à venda na My Whey).

 

IMG_2153.JPG

IMG_2154.JPG

IMG_2155.JPGIMG_2158.JPG

 

E está pronto. Se deixarem arrefecer, ele vai formar um pudim e vai ficar muito muito bom. Neste caso, fiz com um fim específico: para rechear as Bolas de Berlim de alfarroba no forno. Mas é uma opção fantástica de pudim de leite para quem é intolerante ao glúten e lactose, e também para diabéticos! Façam, vão adorar. Até para rechear panquecas e como cobertura de bolos.

 

 

Assinatura Gi.png

19
Ago15

Bolas de Berlim de Alfarroba no forno

IMG_2221.PNG

 

Ando há semanas a namorar as centenas de fotografias de Bolas de Berlim de Alfarroba que partilham nas redes sociais. E, como seria de esperar, tinha que provar... Só tinha um pequeno problema: este famoso bolo encontra-se mais para os lados do sul de Portugal, e pelos lados da Capital ainda não encontrei. Ok, e agora? Não como? Claro que não!

 

Vamos então fazer uma versão fit (dentro do possível!), feitas no forno e com muito menos açúcar. O recheio é um creme delicioso, que não leva açúcar, é apto para diabéticos, para intolerantes à lactose e ao glúten - e ainda serve como pudim! 

 

...

 

Ingredientes (rendem 5 bolas pequenas)

Massa

  • 250gr farinha de trigo fina
  • 100gr farinha de alfarroba
  • 150ml bebida vegetal ou leite (usei bebida de amêndoa)
  • 50gr açúcar mascavado em pó (basta bater no liquidificador para ficar em pó) ou adoçante em pó
  • 1 ovo (podem não usar, eu não usei)
  • 40gr margarina vegetal light (a manteiga deixa um gosto mais forte mas também podem usar)
  • Raspa de 1/2 limão (bem fininha)
  • 1 c.chá canela em pó
  • 1 c.café sal (uso o LoSalt)
  • 1 c.café essência de baunilha
  • 1 saqueta de fermento de padeiro (25gr)
  • Açúcar em pó ou adoçante em pó para polvilhar.

 

Recheio

 

 

Preparação

| Numa tigela pequena, dissolva o fermento de padeiro (25gr) na bebida vegetal morna ou leite morno (150ml) e adicione-o a 50 gr de farinha - amassar bem.

| Numa tigela grande, juntar os restantes ingredientes, mexer bem, juntar a mistura anterior e voltar a amassar.

| Deixar a massa levedar por 30 minutos, dentro de uma tigela e tapado com um pano ou película aderente, num local quente (podem ligar o forno por uns 2 minutos, desligar e deixar a massa lá dentro, com a porta aberta). A massa está boa quando atingir quase o dobro do volume, demora cerca de 30 minutos.

 

FullSizeRender-3.jpg

 

 

| Dividir a massa em 5.

| Moldar pequenas bolinhas com cada porção e distribuir num tabuleiro polvilhado com farinha, e deixar descansar por mais 10 minutos, novamente num local quente. (Podem preparar o creme de pasteleiro a esta altura)

| Depois de levedar, leva-se ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 20 minutos.

| Retirar do forno, deixar arrefecer, e cortar ao meio para rechear com o creme de pasteleiro.

| Polvilhar com um pouco de açúcar em pó (podem usar canela para polvilhar).

 

Prometo que não se vão arrepender. Podem fazer também apenas a massa para terem um pão tipo brioche de alfarroba, é mesmo muito muito bom. Neste caso, preferi não fritar - não gosto de fritos e no forno é bem mais saudável e com menos gordura.

 

Espero que gostem e que façam as Bolas de Berlim. Se sim, digam o que acharam!

 

Beijinhos grandes,

 

Assinatura Gi.png

18
Ago15

Empadas de lentilhas (sem glúten, sem lactose)

IMG_2146.JPG

 

 

Ingredientes (para oito empanadas)

Massa:

  • 100gr farinha de arroz
  • 100gr farinha de milho
  • 50gr manteiga (podem usar a vegetal, se preferirem o sabor, ou usar óleo de côco - mas sólido)
  • 70ml água
  • 1 c.sopa óleo de côco
  • 1/2 c.chá fermento em pó
  • Sal a gosto
  • 1 gema para pincelar (opcional)

Recheio:

  • 100gr cogumelos laminados
  • 150gr lentilhas cozidas
  • 200ml molho de tomate (usem os 100% naturais, apenas com ácido cítrico - limão - como conservante)
  • 1 cebola média (cerca de 70gr)
  • 2 dentes de alho
  • Azeite ou óleo de côco (para refogar)
  • Temperos a gosto: sal, pimenta, orégãos, tomilho, ...

 

 

Preparação

 Misturar as duas farinhas, o sal, o óleo de côco e a manteiga no processador. Juntar o fermento dissolvido nos 70ml de água (morna). Amassar a massa e reservar no frigorífico por 20 minutos.

 

IMG_2076.JPG

 

IMG_2077.JPG

 

IMG_2078.JPG

 

IMG_2164.JPG

 

Depois ainda dividi a massa em 8 (cada uma a pesar cerca de 100gr)

 

IMG_2107.JPG

 

 

Enquanto a massa está no frio, trata-se do recheio. Refoga-se a cebola picada e o alho no azeite ou óleo de côco até caramelizar, e adicionam-se os temperos secos e os cogumelos. Juntar as lentilhas cozidas. Refogar por mais uns minutos e juntar o molho de tomate.

 

 

IMG_2161.JPG

 

 

Agora que o recheio já está pronto, deixa-se de parte, pois vamos tratar da massa da empada.

Dividimos cada dose da massa (cada bolinha que foi dividida anteriormente) assim. Cortam 1/3 da massa para o topo da empada, e o resto para a base. Untem as mãos com um bocadinho de azeite para moldarem melhor.

 

IMG_2163.JPG

 

Esticam a parte da base com as mãos ou com a ajuda de um rolo de cozinha. Usei estas formas de prata por serem mais práticas, e não precisam de untar, as empadas saem num instante (depois basta virarem ao contrário).

Formam a base com 2/3 daquela massa, e depois usam uma colher de sopa do recheio. Voltam a esticar a outra massa que sobrou (1/3) para cobrir. Pincelam com uma gema batida, selam os lados com a ajuda dos dedos ou do garfo, e está pronto.

Agora basta levar ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 20 minutos. 

 

 

IMG_2162.JPG

IMG_2117.JPG

 

E pronto, já está! Ficaram muito boas, e esta massa é uma opção fantástica para quem é intolerante ao glúten. É vegetariana, mas podem torná-la vegan ao substituir o ovo utilizado na massa por um ovo de linhaça (para o ovo de linhaça basta misturar uma colher de sopa de linhaça moída com 2 colheres de sopa de água, e deixam descansar por uns 15 minutos).

 

Espero que gostem da receita!

 

Beijinhos grandes,

 

Assinatura Gi.png

Pág. 1/4

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D